A INIT, empresa brasileira com 10 anos de atuação no segmento de thin computing, inicia as atividades do núcleo de pesquisa e desenvolvimento, tendo como meta ampliar o leque de produtos e soluções.

“O desenvolvimento de produtos e soluções no Brasil é essencial neste mercado”, frisa Caio Siracusa, diretor executivo da INIT, alegando que “não existem soluções embarcadas de prateleira”.

De acordo ainda com Siracusa, “todo produto embedded requer total conhecimento e suporte local, garantindo agilidade quanto às necessidades de nossos clientes e soluções inovadoras à curto prazo”.

A INIT está inserida no plano de incentivos do Ministério de Ciência e Tecnologia para o Processo Produtivo Básico. Desse modo, como frisa Siracusa, “o produto se torna mais competitivo. devido à redução de impostos promovida pelo governo”.

Compartilhar: