fonte: http://convergenciadigital.uol.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?from_info_index=0&infoid=15751&sid=14

A prefeitura de Campinas instalou 20 thin clients Tecnoworld do modelo WinNet, num telecentro construído no Centro de Referência da Juventude. O investimento foi da ordem de R$ 22 mil. Os terminais possuem processador Via 800 Mhz, 128 MB de memória RAM e Boot LAN (PXE).
“O Telecentro permitiu à comunidade acesso livre à internet, além dos vários cursos gratuitos de Informática de demais áreas oferecidos pela Prefeitura e que fazem parte do programa Jovem.Com”, aponta César Pereira, coordenador de políticas públicas da Juventude.
A redução de custo com manutenção das máquinas, a economia de 40% de energia elétrica, a facilidade de implantação dos equipamentos e a centralização das informações no servidor – que facilita a atualização de softwares nos terminais, fizeram com que o conceito do thin computing fosse escolhido para a estruturação do Telecentro.
Além do uso livre, os Telecentros têm como objetivo estimular os processos educacionais. Cursos e oficinas com enfoque em editores de texto, planilha de cálculos, criação de sites, bancos de dados, arte digital e educação ambiental são algumas das atividades oferecidas. “Para o futuro, pretendemos ampliar os Telecentros e informatizar toda a rede educacional de Campinas”, conclui Pereira.
Compartilhar: